Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Anos 90etal

Ideias, visões, pensamentos, vivências de alguém nascido nos 90's

Anos 90etal

Ideias, visões, pensamentos, vivências de alguém nascido nos 90's

09.09.19

De Bom Coração

Matias

Já lá vai!

Faz este ano, 11 anos que fui caloiro... caraças... 11 anos! Se 10 anos, já me parecia absurdo, 11 anos parece-me absurdo mais um! (Desculpem, foi só uma piadinha.)

Entrei na segunda fase do concurso, porque tive de voltar a fazer os exames de acesso (naquele ano e para o curso em questão era só Biologia), isto porque durante o secundário andei a "brincar" e como tinha média de 16 a Biologia e não tinha perspetiva de seguir para a Universidade, fiz o exame com o intuito de que a média da cadeira no final fosse positiva (e assim foi, só que para nota de ingresso  não bastava).

Lá consegui e fui meio à toa... uma cidade que não conhecia e pela qual me apaixonei! Na primeira noite, apanhei também a minha primeira borracheira (não sigam o exemplo) e devido a isso andava nas ruas como se estivesse no Space Mountain da Disney (coisa que nunca andei, mas imagino a sensação). Ao menos tive a capacidade de oferecer a minha senha para jantar na cantina a um outro caloiro (que ainda hoje faz parte do meu grupo de amigos), já que me fui deitar às 19h.

Olhando para o plano curricular do curso, a cadeira de Biologia e Bioquímica era aquela que me inspirava mais confiança no primeiro semestre... era aquela que eu pensei que fosse a única que eu iria conseguir fazer! Pois, mas não... estava completamente errado... foi logo a primeira a que chumbei! Na verdade, no primeiro semestre do primeiro ano não fiz qualquer uma das cadeiras (shame on me)... mas eu era um puto e deslumbrei-me com a primeira vez fora de casa e descuidei-me! Culpa minha!

Andei uns tempos a mais para finalizar o curso, mas nunca desisti! A certa altura penso que embirrei com certas cadeiras o que não me ajudou a concretiza-las como deveria ser. 

O ano de caloiro foi muito bom (e é este que deixa sempre saudade), o segundo ano foi mais ou menos e os seguintes foram mais duros... psicologicamente, foi desgastante a certos níveis! Mas aqui estou... 

Desculpem o desabafo... Só tenho pena que, em parte, o mercado de trabalho não reflita aquilo que é o percurso académico e todas as suas envolventes (falo por mim, que fiquei um pouco desiludido com o curso que tirei)! Várias vezes sinto que deveria ter seguido outro caminho, mas é neste que estou! Custa-me a perceber a filosofia das empresas e o jeito das pessoas se tratarem... não dão valor a ninguém, vê-se pouco respeito, trabalha-se no meio de ambientes pesados, etc... dizem que sou da "Geração Rascas", mas grande parte das vezes andamos a lidar com os patrões e chefes da suposta "Boa Geração" (gerações anteriores) que de bom coração, têm muito pouco.

4 comentários

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D