Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anos 90etal

Ideias, visões, pensamentos, vivências de alguém nascido nos 90's

Anos 90etal

Ideias, visões, pensamentos, vivências de alguém nascido nos 90's

24.10.19

Assim Está Bem

Matias

Alguma esperança!

Ontem, tudo no mesmo sítio e num espaço de duas horas.

Eram seis árabes e mais tarde dez... era uma senhora sul americana e mais uns cinco portugueses. 

Entrou uma senhora com carrinho de bébe, que entretanto teve de sair e voltaria mais tarde... nisto a senhora sul americana foi abrir a porta à senhora para passar com o carrinho. Como não conseguia, foi lá um dos árabes ajudar e abriu. 

Já mais tarde, a senhora com o bébe voltara... foi de pronto atendida, passando à nossa frente. Ninguém reclamou o facto nem rangeu os dentes. Estava no seu direito! Durante a consulta da senhora, o bébe não parava de chorar. Vaio então o médico à sala de espera perguntar se alguém segurava na criança. Foi então a senhora sul americana a correr, pois já tinha sido mãe de duas! Juntou-se a uma das senhoras portuguesas, pois eram conhecidas do trabalho... cheirou mal... vinha do rabiosque da bébe... as duas correram para lhe mudar a fralda!

Pouco depois, chegou uma senhora acompanhada do seu filho (já muito adulto e com problemas mentais). Ele sentou-se ao meu lado... a mãe tratava-o com muito carinho e estava a falar com a senhora da recepção. Eu pensei, quando acabarem de falar ofereço-lhe o meu lugar para se sentar ao pé do filho... mas já fui tarde! Uma outra senhora, não esperou pelo fim da conversa e antecipou-se a mim.

Todos ajudaram, de certa forma, a que o dia de alguém, mesmo que sem se conhecerem, corresse melhor.  Não nos deixemos enganar/influenciar pelo aspeto dos outros. Muitas vezes as boas ações vem de quem menos esperamos. Assim está bem!

01.08.19

Quando Não Ter.. É Melhor Do Que Ter

Matias

Assim, em jeito de desabafo...

Quando não ter, é melhor do que ter.

Tinha emprego, tinha trabalho e bastante. Não quero ser arrogante, mas...

Tinha tudo... Menos paz!

Quando nos deitamos com ele na cabeça e acordamos com ele às voltas na barriga... Quando o caminho são 5 minutos, mas parece uma vida porque já projetas na mente o dia que aí vem!

Tinha tudo... ou quase! 

Dizem que temos de ser resistentes à pressão, mas quando o teu trabalho acaba por ser a própria pressão e lidas com isso segundo a segundo que até te esqueces que tens de respirar.

Tentas pensar em 50 coisas ao mesmo tempo, porque é esse o teu trabalho. Se erras, tens 50 dedos apontados a ti. Conseguiste fazer 49, mas falhaste 1... Porque quando tentavas apagar o fogo com água, no teu balde só te punham acendalhas.

Quando tens 26, 27, 28 anos e tens de gerir pessoas com idade para serem teus tios e pais, mas não sabes se choram porque têm fome ou se têm xixi na fralda. Graúdos que se portam como putos e ainda são tratados com respeito, mas parece que pedem que se grite com eles. Não é o meu jeito!

Eu tentei... Tentei muito! 

Não sei se agora o trabalho é uma nova doença, porque se é, a resiliência e perseverança não são a sua cura.

Quando não ter, é melhor do que ter! Os dias passavam, mas eu não! O aperto por dentro era o mesmo. Agora sinto-me melhor, libertado de amarras que não deixavam caminhar.

Hei-de voltar à luta, mas apenas quando a cabeça estiver no lugar. 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub