Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Anos 90etal

Ideias, visões, pensamentos, vivências de alguém nascido nos 90's

Anos 90etal

Ideias, visões, pensamentos, vivências de alguém nascido nos 90's

21.11.19

Irracional Afinal

Matias

20191120_113149.jpg

À esquerda está a Bianca que é uma gata e à direita está o Bob que é um cão... deitados lado a lado como quem relaxa na praia durante um quente dia de Verão! São dois animais teoricamente incompativeis, mas estão em paz. São bons amigos a pesar das diferenças. Só que isso não lhes importa. Não olham à raça, não olham à cor, não seguem estereótipos. Não têm religião, não têm clube, não têm partido político. São apenas felizes um com o outro e à sua maneira. Vivem em harmonia!

Então, se dois animais irracionais o fazem... porque é que nós seres Humanos - ditos racionais - não o conseguimos fazer?! Porque não somos capazes de parar de julgar terceiros e de os classificar conforme a sua cor, étnia, religião, etc...?! Porquê as guerras e toda a violência?! Tanta amargura e desrespeito...

Quem é o irracional afinal?!

25.09.19

Entretanto... Almendres!

Matias

20190925_121221.jpg

Cromeleque dos Almendres... também nós, temos a nossa própria "Ilha de Páscoa", tão pouco divulgada! 

Este monumento megalitico remonta a 5 ou 6 milénios antes de Cristo. Fica em Guadalupe, a caminho de Évora.

Não consigo descrever a paz sentida ao caminhar por entre estas "insignificantes" pedras ovais... 

Foi hoje, mesmo à pouquinho... entretanto, Almendres!

11.09.19

Mais Borboletas, Menos Moscas

Matias

Inspirei-me assim que as vi!

Silenciosas e belas, voam como se no mar navegassem. Não precisam de chamar à atenção para serem notadas. Queremos tê-las na mão, mas não se dão à confiança. Tímidas! De pequenas, não se lhes reconhece a verdadeira beleza que só mais tarde transparece se as deixarmos crescer. Assim como um patinho feio vira um cisne, a mais feia crisálida vira borboleta. 

Pousam em todo o lado, não importa onde nem em quem. São barulhentas e chatas, faltando quase ao respeito. Estão-se nas tintas para o que fazem! As moscas são rebeldes e geradoras de confusão.

Estou a falar de animais, mas se de pessoas se tratasse, facilmente conseguiríamos associar respetivamente cada uma delas. Pessoas que importam e pessoas que não! Precisamos de mais borboletas e menos moscas.

29.08.19

Último Dia

Matias

 

20190829_200246.jpg

Passei só para dizer que valeu a pena esperar. Após alguns fins de tarde com nevoeiro, eis que o o sol resolveu mostrar-se na hora de se ir deitar.

Só tenho de agradecer à Natureza por nos proporcionar momentos destes... em troca, conscientemente ou não, nós vamos dando cabo dela! 

Cuidem do Planeta... cuidem da Natureza e ela cuidará de todos nós!

Por hoje, agarrei este pôr do sol, chegado no último dia.

12.08.19

Um Dia Daqueles... Respirei Fundo!

Matias

Hoje foi um dia daqueles...

Não foi só acordar!

Despedi-me dela, só para a ver novamente no final da semana.. até aqui, nada de novo. Não é bom, mas já faz parte.

Hoje meti na cabeça que começaria o dia por ir levantar o Cartão Único que fui renovar na semana passada. Cheguei ao carro e não pegou. Respirei fundo! Subi as escadas em direção à cozinha e disse "Mãe, vou levar o teu carro".

Já no Registo Civil, dei de caras com a porta fechada... sim... estão em greve e durante 5 dias... culpa minha por não me ter lembrado, mas há dias assim e hoje era dia para as coisas correrem mal. Respirei fundo!

Pensei que nem tudo poderia ser assim tão mau, foi então que decidi jogar uma raspadinha de 1 euro... ena... ganhei 2! Regressei a casa...

Antes de jantar, ela ligou-me a dizer que o seu companheiro de uma vida - o velho Max - havia morrido. Fiquei triste. O valente cão durou uns longos anos. Já o conhecia há mais de 7 e já contava quase mais uns tantos. Respirei fundo... Segurei as lágrimas e dei-lhe força!

Tinha tudo para ser um dia normal, mas encarreirou por uma data de acontecimentos negativos. Respirei fundo! 

Foi um dia daqueles, mas aqui estou... até amanhã, pelo menos!

01.08.19

Quando Não Ter.. É Melhor Do Que Ter

Matias

Assim, em jeito de desabafo...

Quando não ter, é melhor do que ter.

Tinha emprego, tinha trabalho e bastante. Não quero ser arrogante, mas...

Tinha tudo... Menos paz!

Quando nos deitamos com ele na cabeça e acordamos com ele às voltas na barriga... Quando o caminho são 5 minutos, mas parece uma vida porque já projetas na mente o dia que aí vem!

Tinha tudo... ou quase! 

Dizem que temos de ser resistentes à pressão, mas quando o teu trabalho acaba por ser a própria pressão e lidas com isso segundo a segundo que até te esqueces que tens de respirar.

Tentas pensar em 50 coisas ao mesmo tempo, porque é esse o teu trabalho. Se erras, tens 50 dedos apontados a ti. Conseguiste fazer 49, mas falhaste 1... Porque quando tentavas apagar o fogo com água, no teu balde só te punham acendalhas.

Quando tens 26, 27, 28 anos e tens de gerir pessoas com idade para serem teus tios e pais, mas não sabes se choram porque têm fome ou se têm xixi na fralda. Graúdos que se portam como putos e ainda são tratados com respeito, mas parece que pedem que se grite com eles. Não é o meu jeito!

Eu tentei... Tentei muito! 

Não sei se agora o trabalho é uma nova doença, porque se é, a resiliência e perseverança não são a sua cura.

Quando não ter, é melhor do que ter! Os dias passavam, mas eu não! O aperto por dentro era o mesmo. Agora sinto-me melhor, libertado de amarras que não deixavam caminhar.

Hei-de voltar à luta, mas apenas quando a cabeça estiver no lugar. 

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Mensagens

Arquivo

  1. 2021
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2020
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2019
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2018
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D

Em destaque no SAPO Blogs
pub